top of page
Buscar

Diagnosticando a PIF úmida: sintomas, diagnóstico e tratamento com CURA PIF™ BRASIL

Atualizado: há 6 dias

Compreender e diagnosticar a Peritonite Infecciosa Felina (PIF) em gatos é vital para garantir a sobrevivência do seu gato. Esta doença é decorrente da mutação do coronavírus felino (FCoV) e pode se apresentar em diferentes formas, como PIF úmida, seca, ocular e neurológica. Nesse post falaremos especificamente da PIF Úmida.


Gato tigrado laranja deitado prostrado, com abdômen inchado em função do líquido produzido pela PIF Úmida
Características clínicas da PIF Úmida

PIF úmida: sintomas clínicos

A forma úmida da PIF geralmente é caracterizada pelo acúmulo de líquido na cavidade abdominal ou torácica do gato. Os sintomas incluem:


  • Inchaço abdominal

  • Dificuldade respiratória

  • Letargia

  • Perda de apetite.





Tubo de ensaio com líquido transparente e uma gota de líquido de efusão da PIF
Teste Rivalta

Diagnosticando a PIF úmida

O processo inicia-se imediatamente ao identificar efusão nos pulmões ou abdômen, com o Teste Rivalta. Além disso, é recomendado realizar um Hemograma Completo e Soro Bioquímico para avaliar Glóbulos Vermelhos, Glóbulos Brancos, níveis de albumina, globulina e a relação A/G. Exames de imagem como Ultrassom também são importantes para avaliar os órgãos.


Tratamento da PIF Úmida

O tratamento de suporte para os sintomas,omo antibióticos, esteroides e vitamina B12 para anemia e o sistema nervoso, deve ser iniciado prontamente. Quando há qualquer sinal de diagnóstico de PIF, as injeções de GS-441524 da CURA PIF™ BRASIL devem ser iniciadas.



E o líquido abdominal?

Importante ressaltar que a remoção da efusão deve ser criteriosa: APENAS se o gato estiver com dificuldade respiratória e desconforto. NUNCA é recomendável remover 100% do líquido; aconselha-se a remoção de 20% a 50% da mesma.


bottom of page